Águas Claras terá sua Rua do Lazer

Em cumprimento à lei, a cidade passa a fechar um trecho de avenida para o lazer, seguindo o exemplo do Guará. A primeira edição será dia 3 de dezembro a partir das 8h

Todos os domingos uma das principais avenidas de Brasília, o Eixo Rodoviário ou Eixão, é fechado para os veículos e a população o ocupa. Mesmo o Plano Piloto sendo cercado de áreas verdes e tendo o maior parque urbano do mundo. A forma de ocupar a pista vazia é democrática. Cada um faz o que quiser no espaço. Há os que praticam esportes, os que vão passear, os que levam os animais de estimação e as dezenas de eventos que acontecem ao longo do ano.
Em 2015, um grupo de ativistas do Guará, o Coletivo 156, propôs fazer o mesmo na avenida central daquela cidade. Mas desta vez, para evitar atrito com os moradores, definiu-se que a avenida seria fechada uma vez por mês. A iniciativa deu muito certo e até hoje a polícia militar e o Detran fecham a avenica Central do Guará todo último domingo do mês. Quando as famílias descem do prédio para se divertir em uma área segura. O comércio da região gostou da novidade pois passou a vender mais aos domingos, dia em que o público antes ia a parques ou shoppings.
Lei
Este ano, o governador Rodrigo Rollemberg sancionou a lei 5630/2016, de autoria do deputado Israel Batista, que prevê que cada administrador regional deve escolher um trecho rodoviário em sua cidade para realizar a Rua do Lazer mensalmente. E agora, Águas Claras é a segunda cidade do Distrito Federal a se adequar à nova lei.
Domingo
“Na Boulevard Norte, entre a Avenida Parque Águas Claras e a Rua das Paineiras há um trecho pouco utilizado, onde não há acesso a garagens de prédios e com ampla área verde ao redor. Interditar este trecho não traria prejuízo ao complicado trânsito de Águas Claras”, explica o administrador Regional da cidade Manoel Valdeci. O objetivo é que a rua seja interditada mensalmente e a população a ocupe. “A rua livre pode ser ocupada por qualquer tipo de atividade que pode ser realizada em área pública. Nos casos de eventos é preciso de autorização da Adminsitração Regional e órgãos de segurança pública, mas nos casos de atividades eventuais, a área pode ser usada livremente”, continua o administrador.
Atividades para todos
Para divulgar a novidade e incentivar o uso pelos moradores, a Folha de Águas Claras e o grupo Águas Claras Mídia promovem nesta primeira edição um encontro de foodtrucks e brincadeiras para crianças. Além de uma dezena de opções gastronômicas, as crianças poderão brincar de graça em brinquedos infláveis, camas elásticas e outros. Além de ter toda a rua livre para descer dos prédios com suas bicicletas, skates e patins.
A Polícia Militar estará no local com suas viaturas e cães, além do Corpo de Bombeiros com demonstração de seus equipamentos. A rua fica fechada até as 20h.

A Avenida Central do Guará II, uma vez por mês é tomada por famílias e esportistas.
Exemplo deve ser exportado para todo o DF